Plantão
Entretenimento

Fim de semana tem calor em São Paulo, mas um terço das praias estão impróprias

Publicado dia 27/08/2016 às 23h46min | Atualizado dia 27/08/2016 às 23h51min
Na última semana, 57 das 172 praias do Estado foram consideradas impróprias para banho pelas medições da Cetesb

Apesar da previsão de temperatura máxima próxima de 30ºC no litoral e na capital paulista, o fim de semana não está para praia. Na última semana, 57 das 172 praias do Estado foram consideradas impróprias para banho pelas medições da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

Segundo o órgão, chuvas e maré alta dificultaram a dispersão de poluentes. A cidade mais afetada foi Santos, onde todas as praias foram consideradas impróprias.

O fenômeno vem em má hora para quem quer aproveitar o tempo, que acaba de esquentar no Estado. A semana começou com frio e chuva, com mínima de 7,6º C na capital na segunda-feira (22). Segundo a Climatempo, a presença de uma forte massa de ar seco vai garantir que sábado (27) e domingo (28) sejam de sol e tempo firme em todas as regiões paulistas.

No último domingo (21), quando foram realizadas as últimas medições de qualidade das praias, a Baixada Santista foi atingida por um temporal e uma forte ressaca. Os ventos atingiram cerca de 82 km/h, e a elevação da maré chegou a 2,60 metros. O mar invadiu Santos, destruindo barcos e carros.

Na penúltima medição, porém, feita em 14/8, apenas sete das praias paulistas tinham sido consideradas impróprias. Entre elas, já estava Ponta da Praia, em Santos, a primeira atingida pela maré alta. Foi a região mais afetada pela ressaca, que veio uma semana depois.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) alertou, em 20/8, para um alto risco geo-hidrológico -de movimento de massa de ar, inundação ou enxurrada- no litoral de São Paulo, concentrado na Baixada Santista.

Em uma semana, 50 praias passaram de próprias para impróprias, atingidas pela combinação de maré alta e chuvas fortes causadas pela chegada de uma massa de ar frio.

A frente fria, vinda de regiões polares, chegou no litoral no sábado (20). Para a maré alta, contribuiu a Lua cheia, um fenômeno conhecido como como maré de sizígia.

As cidades do litoral sul paulista foram as mais atingidas. Em Praia Grande, 10 de 12 praias foram consideradas impróprias. Em Mongaguá, todas as 7 praias foram afetadas, assim como a maioria das praias de São Vicente, Itanhaém e e Peruíbe.

Já no litoral norte, algumas praias que mantiveram boas condições durante todo o ano foram afetadas. Camburi e a Praia Deserta, em São Sebastião, foram consideradas impróprias pela primeira vez em 2016. Em São Sebastião, Ubatuba e Ilhabela, cerca de um terço das praias foram atingidas.

Não há previsão para quando as praias vão se recuperar. Novas medições serão feitas pela Cetesb no próximo domingo (28).

Fonte: diariodolitoral

ÚLTIMAS Notícias

Febre amarela: Itanhaém antecipa campanha para o dia 25

19 de janeiro de 2018 às 07:54:22

Laxante Natural Rápido caseiro

06 de dezembro de 2017 às 05:07:15

Top 3

Passeios imperdiveis em Itanhaém e Região

26 de agosto de 2016 |   370

Passeio de Barco

25 de agosto de 2016 |   299